Home > Releases > Segurança > CART incentiva ações de direção defensiva no trânsito

CART incentiva ações de direção defensiva no trânsito

Segunda-Feira, 4 de Dezembro de 2017

A CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, desenvolve nas rodovias que administra, ações do PRA – Programa de Redução de Acidentes em conjunto com a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). Por meio de parceria com entidades públicas e privadas, as iniciativas têm por objetivo a conscientização para a redução e prevenção de acidentes, além de incentivar hábitos que contribuam com a saúde e o bem-estar da população e dos usuários do Corredor Raposo Tavares. Uma das orientações transmitidas aos motoristas refere-se à distância segura.

Ao frear o veículo, por exemplo, a parada não é instantânea. Entre o momento que o motorista observa um obstáculo à sua frente e decide acionar os freios até o instante em que o carro para por completo, o deslocamento ocorre por vários metros. Ao parar, terá percorrido uma distância que, entre outros fatores, depende do tempo de percepção e de reação do motorista e da velocidade em que o veículo se encontrava no início da frenagem.

Quanto maior a velocidade do veículo, maior a distância necessária para que ele consiga parar e, consequentemente, a probabilidade de se envolver em um acidentes aumenta, é o que explica Nivaldo Bautz, engenheiro de saúde e de segurança da CART. Considerando os tempos de percepção, de reação e de parada, se um carro estiver a 80km/h em pista seca, vai percorrer em média 57 metros até parar totalmente tão logo o motorista observe o obstáculo e decida frear (veja ilustração).

Se o mesmo veículo estiver a 100 km/h, a distância aumenta para 83 metros. Em pista molhada pela chuva, por exemplo, o veículo percorre uma distância ainda maior para parar totalmente.

“É fundamental dirigir sempre defensivamente e isso inclui respeitar as leis de trânsito e os limites de velocidade. Pisar no acelerador para encurtar o tempo na estrada pode também tirar vidas”, ressalta Nivaldo.

Para evitar estresse, outra dica é programar a viagem levando em conta o tempo que será gasto no deslocamento com imprevistos.

Em pista molhada
Com a chuva, além da pista molhada, o motorista pode ter a visibilidade prejudicada. Para evitar acidentes é preciso redobrar a atenção, manter acionada a luz baixa do farol, aumentar a distância do veículo à frente e reduzir a velocidade.

A água na pista pode acarretar na aquaplanagem, que é a perda da aderência do pneu ao solo. É quando o veículo flutua na água e o motorista perde o controle sobre ele. Para evitar esta situação de perigo, o condutor deve observar com atenção a pista, reduzir a velocidade utilizando os freios antes de entrar na região com quantidade elevada de água devido à chuva.

Se o veículo deslizar sobre a pista molhada, tire o pé do acelerador, não acione a embreagem ou o freio. Segure firme o volante e deixe o atrito com água reduzir a velocidade até que as rodas adquiriram contato com o piso novamente.

Sobre a CART:
A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A segurança dos usuários é um compromisso da Concessionária. Em 2016, a CART registrou 16,23% menos acidentes nas rodovias sob sua concessão em relação ao ano anterior e, no mesmo período, queda de 33,3% em vítimas fatais, antecipando os objetivos determinados como meta pela Década Mundial de Redução de Acidentes. A CART está entre as 10 melhores Concessionárias de Rodovias do Estado de SP, ocupando a sexta posição no ranking divulgado pela ARTESP - Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo 

ultimos-releases